O seu portal de comparação de preços

Dieta flexível: O que é, benefícios e como fazer

foto-legumes

“Dieta flexível” é um programa popular de perda de peso baseado em uma teoria sensata. Também chamado de If It Fits Your Macros (IIFYM), ele promove a noção de que não existem “alimentos ruins” e permite que você escolha qualquer alimento, desde que se ajuste às suas necessidades de macronutrientes.

As dietas flexíveis ficaram famosas devido à sua natureza adaptável, que permite que os seguidores ainda se deliciem com seus alimentos favoritos como parte de seu plano alimentar. Este texto explica a dieta flexível e explora seus benefícios e possíveis quedas.

O que é dieta flexível e como funciona?

A dieta flexível é um plano simples e popular de perda de peso que permite que os alimentos se encaixem em suas metas diárias específicas de macronutrientes. Essa forma de alimentação dá liberdade às pessoas que fazem dieta em suas escolhas alimentares, o que pode ajudar a reduzir o peso ao longo do tempo e criar uma relação positiva e saudável com os alimentos.

As dietas flexíveis ficaram famosas devido à sua natureza adaptável, que permite que os seguidores ainda se deliciem com seus alimentos favoritos como parte de seu plano alimentar. Este texto explica a dieta flexível e explora seus benefícios e possíveis quedas.

História da dieta flexível
O IIFYM foi iniciado ao acaso por alguns fisiculturistas que se cansaram de comer alimentos sem gosto e pouco atraentes ao fazer dieta para uma competição de fisiculturismo. Os chamados alimentos “limpos”.

Claro, a dieta padrão do fisiculturista tem sido ruim para os atletas há anos, mas também tem deixado eles infelizes por muito tempo. O IIFYM veio para mudar isso.

Não somos mais forçados a comer comidas ruins que apenas um coelho ou um pássaro gostariam, agora podemos comer as coisas que sempre comemos em geral.

Como fazer uma dieta flexível?

A dieta flexível não é uma dieta.

É mais um estilo de vida.

Ele coloca o controle nas mãos de quem está fazendo dieta, o que significa que não há planos de refeições ou restrições alimentares que precisam ser seguidos.

Você pode estar se perguntando como as pessoas perdem peso se puderem comer o que quiserem. Quando você está seguindo uma dieta flexível, suas necessidades de calorias e macronutrientes são calculadas de acordo com quanto peso você deseja perder.

Quem faz dieta deve determinar seu gasto energético diário total e as necessidades de macronutrientes antes de iniciar a dieta. Isso é mais comumente feito usando uma das calculadoras “macro” disponíveis em muitos sites que promovem dietas flexíveis, mas você também pode fazer isso manualmente.

Há muitas maneiras de abordar essa dieta, incluindo assinando um site de dietas flexíveis para planos de refeições, ou calculando suas necessidades e planejando refeições por conta própria. É fácil cumprir, não importa se você está comendo em casa ou em trânsito.

No entanto, para se manter saudável enquanto segue o plano de dieta flexível, você deve ter autodisciplina para fazer escolhas saudáveis e reduzir ao mínimo a comida lixo. Se você tem uma boa compreensão de suas necessidades nutricionais e forte autocontrole, uma dieta flexível pode ser o plano perfeito para ajudá-lo a atingir seus objetivos de perda de peso.

Como calcular a quantidade de carboidrato e proteína por dia?
Depois de determinar uma meta de calorias, você calcula suas necessidades de macronutrientes ou “macro”. Os macronutrientes são os nutrientes que o seu corpo necessita em maiores quantidades: carboidratos, proteínas e gorduras. Esses nutrientes fornecem calorias e têm inúmeras funções importantes no corpo.

Carboidratos: 4 calorias por grama, normalmente 45-65% do total de calorias diárias;
Proteínas: 4 calorias por grama, normalmente 10-35% do total de calorias diárias;
Gorduras: 9 calorias por grama, normalmente 20-35% do total de calorias diárias;


Muitos sites que promovem dietas flexíveis ou vendem planos de alimentação personalizados fornecem “calculadoras macro”, onde os usuários podem inserir sua altura, peso, idade e nível de atividade para obter uma distribuição personalizada de macronutrientes.

No entanto, as pessoas que estão fazendo dieta também podem calcular macros por conta própria, dividindo suas necessidades calóricas totais em porcentagens de carboidratos, proteínas e gorduras com base em seus objetivos específicos.

A grande vantagem da dieta flexível é que os que estão fazendo dieta podem ajustar suas faixas de macronutrientes dependendo de seu estilo de vida e das necessidades de perda de peso. Quem está fazendo dieta e quer perder um peso significativo pode optar por uma faixa mais baixa de carboidratos, enquanto um atleta pode optar por uma faixa mais alta de carboidratos.
Recomendações
A dieta flexível também permite que os usuários façam a ingestão de fibras, mesmo que não seja um macronutriente. A fibra é um tipo de carboidrato que o corpo não consegue digerir.

É recomendado que os homens consumam 38 gramas de fibra por dia, enquanto as mulheres devem consumir 25 gramas. Depois de fixar suas necessidades de calorias e nutrientes, os adeptos da dieta flexível apenas monitoram sua ingestão de calorias e nutrientes, se mantendo dentro de seus objetivos definidos.

Há muitas maneiras de fazer isso, embora a forma mais popular seja usar um dos muitos sites ou aplicativos móveis. A maioria dos aplicativos de alimentação tem bancos de dados infinitos que permitem buscar qualquer alimento e tamanho de porção para determinar calorias muito rápido.

Os aplicativos são úteis pois você pode acompanhar as suas refeições e lanches em qualquer lugar, sem escrever nada.

Alimentos permitidos e proibidos
Como o plano alimentar é flexível, não existem alimentos que são cem por cento proibidos, mas sim quais são as escolhas mais ideais. O ideal é valorizar alimentos ricos em fibras, como frutas, legumes e verduras, que em geral trazem mais saciedade para o organismo com um valor menor de calorias.

foto-frutas-colorida

Dieta flexível é melhor que outras dietas?

A dieta flexível usa uma abordagem única para perda de peso que muitas pessoas acha que é atraente. Há vários benefícios nessa forma de alimentação. Embora a dieta flexível tenha alguns benefícios, também tem algumas desvantagens.

Vantagens
Confira algumas das principais vantagens da dieta flexível:

Fácil de seguir
A parte mais difícil da dieta flexível é o processo de calcular suas necessidades calóricas e de macronutrientes, que algumas pessoas podem achar ruim. Felizmente, a dieta em si é fácil de seguir.

Não existem receitas difícies, planos alimentares ou listas sem fim de itens que estão fora dos limites. As pessoas que fazem dieta apenas escolhem os alimentos que gostariam de comer, se mantendo dentro da faixa de macronutrientes e das necessidades calóricas definidas.

Pode ajudar a manter o peso fora de longo prazo
Vários estudos mostraram que as pessoas que seguem programas que mais flexíveis nas escolhas alimentares têm mais sucesso em manter o peso ao longo do tempo, em comparação com aquelas que seguem dietas mais rígidas. Além do mais, dietas mais rígidas tendem a impactar de modo ruim o bem-estar mental de quem as segue.

Nenhum alimento está “fora dos limites”
Existem várias dietas que restringe vários alimentos. Isso pode deixar quem está fazendo dieta ressentido por não poder se dar ao luxo de vez em quando, e os sentimentos de privação podem levar a desejos frequentes ou excessos.

A dieta flexível elimina a mentalidade de “boa comida versus comida ruim” que muitos planos de refeição defendem. Ela pode ajudar as pessoas que fazem dieta a criar uma relação saudável com todos os alimentos.

Dá liberdade aos que fazem dieta
Seguir uma dieta muito restrita pode ser difícil, especialmente quando você está com os amigos ou em trânsito. Por isso, uma dieta flexível permite que os usuários sejam mais livres nas escolhas alimentares, tornando mais fácil para quem está fazendo dieta manter o controle.

Mesmo em festas, restaurantes ou quando há poucas opções de comida disponíveis. Embora muitas dietas sejam difíceis de seguir, a natureza adaptável da dieta flexível pode tornar mais fácil para as pessoas seguirem por um longo período de tempo.

Benéfico para aqueles com necessidades nutricionais específicas
A dieta flexível pode ser uma maneira legal para pessoas que seguem dietas com necessidades específicas de macronutrientes para atingir seus objetivos. Por exemplo, aqueles que seguem dietas com muito baixo teor de carboidratos ou gorduras podem seguir suas necessidades de macronutrientes usando uma dieta flexível.

Ademais, atletas e aqueles com metas específicas de condicionamento físico também podem se beneficiar de uma dieta flexível. Calculando suas metas de macronutrientes com base em seus horários de treinamento.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

O seu portal de comparação de preços
Logo